Guia para beber um bom vinho

Para você que fica sempre na dúvida quando vai comprar um vinho e não quer entrar em roubadas, elaborei um guia prático, separado por tipos de uvas, que vai ajudá-lo a escolher um bom vinho adequado à sua grana, garantido por mim e pelas avaliações dos usuários da WineTag durante os últimos 6 meses.

Como estamos no verão, vamos listar bons vinhos brancos e espumantes para o dia. E finalizar com os tintos para a noite.

Chardonnay

Dia desses dei para um casal amigo o Leyda Classic Reserve Chardonnay. Resultado: bebemos juntos. Vinho muito bom, não custa tão caro (por volta de R$ 40) e impressiona como presente. Como normalmente não se bebe sozinho, as chances de degustar a garrafa junto com a pessoa presenteada são grandes. Veja o que o meu amigo falou sobre esta garrafa.

Agora, se você está planejando jantar com sua namorada uma massa com frutos do mar para comemorar, recomendo o vinho Cobos Felino Chardonnay 2008 (R$ 70). Nesse caso a safra faz diferença! O 2008 é bem melhor que o 2009.

"Então, você sempre bebe em parques com estranhos?"

Sauvignon Blanc

Entre os vinhos brancos, os feitos dessa uva são normalmente meus favoritos. Espere um dia de verão daqueles e escolha umas dessas garrafas, abra bem geladinho e certamente não será decepcionado.

Para acompanhar o almoço de domingo na beira da piscina ou na varanda, faça uma salada com um peixinho grelhado e compre o Mapu Sauvignon Blanc Reserva 2009 (R$ 30). Se a ocasião for um jantar com frango, peixe ou frutos do mar, e exigir um pouco a mais, vá de Santa Rita Medalla Real Sauvignon Blanc 2008 (R$ 75). Excelente!

Espumantes (Chardonnay, Pinot Noir, Pinot Meunier)

Fugindo um pouco da proposta deste guia (recomendar bons vinhos feitos de uma só uva) vou para os espumantes, às vezes produzidos muitas vezes com mais de uma uva – a combinação mais famosa, feita com Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier, é usada para fazer o champagne.

Com essa mesma mistura, mas feito aqui no Brasil em Santa Catarina e custando por volta de R$ 37, recomendo o Villaggio Grando Espumante Brut, sucesso total quando servi de entrada, acompanhando alguns quitutes como queijos e frios. Foi muito bem e tenho certeza que seria adequado num dia quente de churrasco.

A coisa muda de figura quando a intenção é comemorar um momento especial como o nascimento do filho, aniversário de casamento ou até mesmo para quem está disposto a gastar um pouco mais porque pode e ponto final. Não deixe de comprar o excelente espumante nacional Miolo Millésime Brut. Poderia ser confundido com champagne se pegasse um desavisado pela frente. O preço? A terça parte, pelo menos: R$ 70.

"Isso, PapodeHomem. Foi lá que soube desse vinho aqui."

Cabernet Sauvignon

É o tipo de uva cujo vinho não tem época certa para degustação. O pulo do gato é encontrar o estilo certo para cada estação. Para uma noite um pouco mais quente, recomendo o Isla Negra High Tide Cabernet Sauvignon (R$ 40), que chama mais atenção pela fruta do que pela madeira.

Agora, se a temperatura cair e precisar de um vinho com estilo para um belo jantar e sem necessariamente gastar mais por isso, vá de Catena Zapata Catena Cabernet Sauvignon 2006 (R$ 50), vinho parecido com calça da Levi’s: é de uma marca boa, um pouco caro, mas nunca nos arrependemos quando compramos.

Malbec

Costumo escolher essa uva para o cotidiano porque seus vinhos combinam com o bife acebolado de segunda até o assado preparado com mais dedicação às sextas. Boas lembranças também, como em uma degustação de vinhos argentinos, na qual o ganhador para mim não foi o mais caro da noite. Foi o Pulenta Estate Malbec (R$ 80).

Uma opção mais barata é o Festivo 2007 (R$ 35). Sem erro.

Merlot

Famosa na França por ser combinadas com outros tipos nos vinhos, dizem que é a uva que mais se adaptou no Brasil. Sempre que falamos em Marlot, lembro de um clássico, para bebedores ou não: Casillero Del Diablo Merlot (R$ 30), vinho que me fez ter mais curiosidade em procurar se tinha coisa boa por aí.

Para gastar um pouco mais e até guardar na adega por uns 4 anos (esse melhora muito com o tempo), a pedida é o Marques de Casa Concha Merlot 2007 (R$ 80).

"Relaxa, Scarlett, não vou relatar nada no PapodeHomem. Eles não acreditariam."

Touriga Nacional

Guardei esta uva para o final pelo simples fato de ser diferente e por fazer parte do seleto rol dos top 5 vinhos que já provei até hoje.

Certa vez participei de uma degustação com vinhos portugueses e quando o desconhecido Só Touriga Nacional (R$ 130) chegou à mesa, o silêncio tomou conta. Silêncio do desconhecimento, já que ninguém ali tinha idéia do que viria pela frente. Resultado: foi o ganhador de goleada da noite e se tornou o meu vinho predileto para ocasiões especiais.

Depois de ser apresentado a essa uva, procurei opções mais em conta, mas infelizmente é difícil de encontrar. Com boa relação custo x benefício, porém ainda caro, achei um vinho chamado Blog (R$ 80) e também virei fã.

A boa notícia é que estamos tentando convenver o importador do Só Touriga a fazer uma venda no sistema de compras coletivas da WineTag para todo Brasil. Torça para conseguirmos! Quem quiser saber em primeira mão se conseguimos ou não tem de se cadastrar no site.

Mais vinhos provados e aprovados…

Se você comprar um desse por mês, creio que os 14 vinhos acima garantirão um 2011 de excelentes sabores. Entretanto, eu ficarei feliz em ver mais sugestões e relatos nos comentários. Algum enófilo na área?

Fonte: Papo de homem


Nenhum comentário: